Novo técnico no AMAB/Girafinhas (Mauá): Altieri

Fala, pessoal!

Mais uma novidade no comando de uma equipe rolando essa temporada. O time do Girafinhas de Mauá adicionou ao seu quadro de profissionais o técnico Altieri!

O coach mantém suas atribuições no Barueri mas acrescenta mais esse desafio de comandar uma equipe que promete muito para o Sub-14 de 2020.

Confira abaixo o bate-papo que tivemos.

Como foi a recepção pela comissão técnica e jogadores?

Nossa!!! Não vou dizer que melhor impossível porque nada é impossível. Mas foi incrível como me deixaram a vontade com tudo, carta branca pra eu desenvolver minha filosofia de trabalho e estar com uma categoria que eu gosto de trabalhar. Me convenceram a ir trabalhar em Mauá, muito pelo acolhimento dos pais, comissão e principalmente pelo fato que conheciam e sabiam muito sobre mim e meu trabalho em Barueri. Cheguei dando uma Clínica e tive contato com todas as categorias, e foi surreal o carinho, respeito e atenção dos atletas. Realmente o ambiente da AMAB é exatamente aquilo que vemos de fora. Todo mundo muito solícito e feliz.

Clínica da AMAB/Girafinhas

Qual a expectativa para temporada?

Bom, primeiro me ambientar e me adaptar rapidamente a rotina de trabalho, pois farei uma correria estando junto em Barueri com a categoria sub-13. Então, tenho uma meta principal de ser o mais claro possível com atletas e pais sobre a forma que trabalho e desenvolvo dentro e fora de quadra o basquete . Posteriormente tratar de garantir o desenvolvimento das equipes que dirijo. Cada uma com características distintas, porém com objetivos claro do desenvolvimento coletivo e individual. Acredito que o ano tem tudo pra ser bem recompensador e motivador. Pois tenho atletas talentosos na mão e dois grupos bem divertidos.

Quais os desafios de uma categoria Sub-14?

Categoria sub-14 é uma uma delícia pra se trabalhar. Boa parte dos atletas estão dando seu primeiro estirão de crescimento e outros já estão no segundo. Então o desafio principal é saber casar e equilibrar essas diferenças físicas durante o ano. Outro aspecto que conta muito são as mudanças de regras de uma categoria sub-13 para sub-14, temos conteúdos a serem trabalhados taticamente muitos diferentes do que enfrentavam. Sem falar do aspecto técnico pois os atletas estão na fase “ouro” de aprendizagem técnica. Cada detalhe que deixar passar, pode comprometer muito lá na frente na carreira de cada atleta.

Muitos jogadores de Mogi foram para Mauá. Como enxerga essa mescla: houveram características que se complementaram, reforçou em algumas áreas…?

Muitos 4 rsrsrs!! Como o Mello Dante não iria colocar a categoria sub-14 na FPB, o técnico Caio Bueris indicou alguns atletas para Mauá. E foi um ajuste muito bom pra categoria pois, se completaram nas características dos jogadores que estavam carente em cada equipe. Mauá com um jogo interno e infiltração forte, aliando Mello Dante com velocidade e um jogo de perímetro muito interessante pra idade.

Altieri e Caio Bueris

Quais os adversários que mais te chamam atenção?

Bom a nossa maior briga será com a nossa evolução, trabalho muito baseado nisso. Mas sei que tem as equipes que chegaram nas finais ano passado como a fortíssima geração do Regatas Campinas, Palmeiras que conseguiu igualar ano passado Campinas e teve reforços, SPFC e Pinheiros pois são elencos com uma estatura boa pra categoria. Ah vejo o Corinthians também numa crescente pois, foi pra lá a Luciana minha companheira de trabalho em Barueri, e essa sabe dar um gás em todas equipes que comanda. Mas preciso estudar muito mais a categoria, acredito que os atletas sabem muito mais que eu rsrsrsrs.

Altieri e Luciana pelo Barueri

Quais os pontos fortes e a melhorar da equipe?

Sem dúvidas alguma que o ponto forte é a versatilidade do elenco. Pois, posso explorar a equipe de diversas formas dentro do elenco. Sendo mais rápida, mais forte, mais técnica, mais defensiva. Vai ser um quebra cabeça bem legal pra mim. Pra eles eu já não sei. Kkkkk

Já o ponto fraco, creio que será mesmo agora no começo a adaptação a forma de jogar que eu preservo como característica. Devemos oscilar no começo do ano, mas aos poucos vamos criar uma equipe bem competitiva dos 2 lados da quadra.

O que mais te surpreendeu na equipe: algum jogador, postura, esforço, entendimento….?

Como já relatei a forma como eles me conheciam e me receberam foi inesperada. Um grupo que me estudou…e que está com fome de aprender e competir.
Tem algumas lideranças que preciso identificar, até pra eles terem essa coletividade necessária pois foi agregado novos atletas. Consegui perceber nessas 3 semanas de trabalho que a absorção de conteúdo tático é bem legal pra idade…um elenco inteligente, sabendo colocar as emoções no devido tempo e lugar…. Humm acredito que podemos ter uma temporada bem bem proveitosa.

Valeu, Altieri pela disponibilidade. Desejo muito sucesso nesse novo desafio e que os seus novos comandados aproveitem muito essa oportunidade. Acredito que será um ano incrível para todos!

É isso, pessoal, um abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s