Conheça Gabriel Pessoa, ala do Minas Tênis Clube e da Seleção Brasileira

Fala, pessoal!

Ano passado tivemos uma final mineira na Copa Brasil Sub-14 entre Minas Tênis Clube e Olympico Club – veja os melhores momentos abaixo.

Final da Copa Brasil Sub-14

Após o término do jogo, ocorreram as premiações e o MVP da competição foi Gabriel Pessoa. Gabriel foi o único atleta dessa final a ser convocado para seleção brasileira em 2019, mas talvez devido o pouco tempo de treinamento do time, seu jogo não foi tão aproveitado. Mas Gabriel é um grande atleta, fez uma grande final na Copa e gostaria que conhecessem mais desse grande nome.

  • Apresentação: altura, posições, categorias, títulos conquistados (coletivo e individual)

Tenho 15 anos , 1,89 m de altura, ala e jogo no sub-15 e sub-16 do Minas Tênis Clube. Tenho as seguintes conquistas:

Gabriel e Bruno com vice do sul-americano 2017

Coletivo:

  • 3x 🏅 Campeonato Metropolitano (minha categoria)
  • 1x 🏅 Campeonato Metropolitano (categoria de cima)
  • 1x 🏅🥈 CBC
  • 1x 🥈Sul-americano de clubes
  • 1x 🥈Sul-americano de seleções
  • 1x 🥉MAYB Colorado 2019 EUA sub-16 (duas categorias acima)

Individual:

  • Destaque de ala no sul-americano sub-12
  • MVP do CBC sub-14

Quando começou a jogar basquete?

Até 2016 eu jogava futebol, era da equipe do colégio. Aí meu pai, que já foi jogador, falou para eu fazer um teste lá na escolinha do Minas para ver se iria gostar. Eu fiz e gostei, tinha 12 anos na época e jogava com gente mais velha. 1 mês depois me chamaram para a pré-equipe e depois entrei para o Sub-12 mini e estou até hoje.

Qual sua rotina semanal de treinos/jogos?

Treino cerca de 3h por dia no Minas (quadra) e tenho aula de 1h de duração, 3 vezes por semana, em um centro de treinamento especializado em atletas de alta performance (five ct).

Quais campeonatos que participa durante o ano?

Os jogos já são uma parte muito problemática aqui em Minas Gerais, porque como são apenas 4 times mais o Praia Clube, que disputa só o estadual, aí a gente tem 1 jogo a cada 2-3 semanas. Os campeonatos que participo durante o ano dependem muito de quais têm no ano e quais o Minas decide participar. Ano passado participei dos seguintes:

  • Metropolitano sub-14/15
  • Copa Superação sub-14
  • Estadual sub-14
  • CBC sub-14
  • Sul-americano de seleções sub-14
  • MAYB Colorado 2019 EUA sub-15/16

Qual foi sua melhor partida? Por quê?

Minha melhor partida acho que foi na final do CBC ano passado contra o Olympico. Foi uma partida muito disputada, onde tiveram duas prorrogações com o ginásio lotado. Uma partida muito emocionante e, principalmente, de superação para mim, que tinha machucado na semi contra o Corinthians, e para o time, já que ganhamos o campeonato contra nosso principal rival e na casa deles. Nosso time teve mais de 70% de aproveitamento nas bolas de 3 e fiz 24 pontos e 12 rebotes

Como foi a experiência de jogar a Copa Brasil? O que achou do nível dos times?

Jogar o CBC ano passado foi uma experiência muito positiva. Pude ver o nível de grandes times do Brasil e principalmente de São Paulo, que muitos afirmam ser a maior referência para o basquete nacional. Muitos falaram que o Minas ganhou porque o CBC foi fraco, pois times de São Paulo como o Pinheiros e o próprio time do São Paulo não participaram, mas não acho que faria tanta diferença já que o Espéria, que foi o Campeão tanto do Paulista quanto o do Estadual em 2019, participou.

Qual time e jogador mais te surpreendeu na Copa Brasil?

O time que mais me surpreendeu sem dúvidas foi o Esperia. Primeiro, porque eu nunca tinha houvido falar nesse time e segundo que é uma fortíssima equipe, tanto física quanto na parte de habilidades, e conta com grandes atletas como o Will e o Klebinho.

O jogador que mais me surpreendeu foi o Gustavão do Corinthians, um jogador muito alto e habilidoso, que faz um ótimo trabalho de pivô.

Como foi jogar pela seleção?

Jogar pela seleção foi um sonho realizado. Foi top demais jogar ao lado dos melhores jogadores do Brasil da minha idade e jogar contra os melhores da América do Sul.

Quais países e jogadores mais te chamaram atenção no sul-americano?

Os times que mais me chamaram a atenção foi a Argentina e o Uruguai. E o jogador foi o Lucas Giovannetti da Argentina, que foi o que ganhou o MVP do Sul-americano.

Lucas Giovannetti, MVP do sul-americano Sub-14 de 2019

Quem te avisou que tinha sido convocado? Onde estava no momento e como foi o anúncio?

Eu tinha acabado de chegar no Minas pra treinar, aí meu treinador falou que o Flavio Davis queria me falar um negócio. Foi quando ele me contou que eu tinha sido convocado.

Como foi a experiência de treinar e jogar nos EUA?

Jogar nos Estados Unidos foi uma das melhores experiências até hoje. Obtive grandes ensinamentos para as quadras e para a vida. Como todo mundo fala, é um basquete totalmente diferente do que conhecemos. Muito mais agressividade (em questão de postura) e intensidade. Lá todos chutam bem e para eles, meter bola de 3 é extremamente normal e nem comemoram nem nada do tipo, e se comemorar é falta técnica. No inicio tive um pouco de dificuldade para acostumar com as regras diferentes, como poder voltar a bola pro lado da defesa e depois de cesta não poder encostar na bola, mas tudo é uma questão de adaptação.

Quais seus pontos fortes e o que precisa melhorar em seu jogo?

Meu pontos fortes:

  • Infiltração
  • Chute de média/longa distância
  • Visão de jogo
  • Roubada de bola

Meus pontos fracos:

  • Parte emocional
  • Defender jogadores rápidos

Já pensou em se transferir para outro estado?

Nunca pensei em me transferir para outro estado, mas já recebi uma oferta de bolsa para uma escola em NY.

Onde quer chegar com o basquete?

Meu objetivo é chegar na Europa/NBA

Para finalizar, uma mensagem ao time

Queria agradecer meu time, que desde de 2016 com o fruto do nosso suor e da nossa dedicação, vem conquistando vários títulos e, se Deus quiser, vão vir muitos outros em nossa longa caminhada.
E um agradecimento especial ao meu pais, que sempre me apoiaram, me ajudaram, e nos meus piores momentos, nunca deixaram eu desistir. Se não fossem eles eu com certeza não estaria aqui dando essa entrevista.

E por último, agradecer ao BBall por essa oportunidade de mostrar minha caminhada de muitos sacrifícios e suor até chegar no dia de hoje, que talvez seja considerado um dos melhores jogadores ’05 do Brasil.

Eu que agradeço a disponobilidade, Gabriel! Muito sucesso na sua jornada e voe alto!!!!

É isso, pessoal, um abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s